Ana Carolina - Ao Vivo

Ana Carolina - Ao Vivo

Informações


Data:
13 de novembro de 2021 (Sábado)
Horário:
22:00H
Local:
Centro de convenções de Vitória
Endereço:
R. Constante Sodré, 157 - Santa Lucia
Vitória - ES
Gênero:
MPB

Vídeo

Informações Gerais

Descrição

ANA CAROLINA DESEMBARCA EM VITÓRIA PARA CANTAR SEUS MAIORES SUCESSOS EM NOVEMBRO



"Que bom poder me apresentar olhando pro público, sentindo a reação, mas sem abrir mão de todos os protocolos de segurança que esse momento complexo pede. Tenho certeza que será uma noite de muita música e amor”, comemora a cantora



Com a aceleração da vacinação, Vitória volta ao circuito de shows nacionais: uma das mais importantes vozes femininas do país, a cantora Ana Carolina desembarca na capital no dia 13 de novembro para cantar seus maiores sucessos no Centro de Convenções de Vitória. “Que bom poder me apresentar olhando pro público, sentindo a reação, mas sem abrir mão de todos os protocolos de segurança que esse momento complexo pede. Tenho certeza que serã uma noite de muita música e amor”, comemora a cantora.



Para o show em Vitória, Ana Carolina prepara um repertório eclético e especial ao lado de Thiago Anthony (teclado, programações, violão e pandeiro) e Leo Reis (bateria, pad eletrônico, pandeiro e violão). Alguns dos principais hits de sua carreira, como “Garganta”, “Elevador”, “Quem de Nós Dois”, “Pra Rua Me Levar”, “É Isso Aí”, “Rosas”, entre outros, como o single do último álbum “Fogueira em Alto Mar”, farão parte da noite.



O público também poderá ver a cantora apresentar suas versões de sucessos de outros artistas como Rita Lee (“Agora Só Falta Você” ), Seu Jorge (“Pequinês e Pitbull”) e Guilherme Arantes (“Um Dia, Um Adeus”), além de uma pandeirada entre Ana Carolina com Thiago Anthony e Leo Reis de tirar o fôlego.



Em mais de vinte anos de carreira, Ana Carolina alcançou a marca de 12 álbuns, seis DVDs e mais de cinco milhões de discos vendidos. A mineira ganhou sete vezes o Prêmio Multishow de Música Brasileira, três vezes o Troféu Imprensa e uma vez o Prêmio TIM de Música. O primeiro grande sucesso, “Garganta”, viria já no primeiro álbum. Depois dele, emplacou cerca de 30 singles nas paradas brasileiras.



As composições da artista já foram gravadas por nomes importantes como Maria Bethânia, Gal Costa, John Legend, Esperanza Spalding, Chiara Civello, Jorge Vercillo, Mart’nália, Zizi e Luiza Possi, Pedro Camargo Mariano, Preta Gil, entre outros. Em suas composições fez parcerias com Seu Jorge, Luiz Melodia, Gilberto Gil e Guinga.



Para receber o evento, o Centro de Convenções de Vitória será preparado conforme normas de biossegurança.


Release

Logo aos dois meses de idade, Ana Carolina perdeu o pai, que morreu de trombose. Ana declarou que possivelmente é fruto de uma traição de sua mãe, ao dar uma entrevista se referindo a uma música sua que recebe o mesmo nome Traição no mais recente álbum, N9ve. Ana tem uma irmã chamada Selma, que é 14 anos mais velha, e também um irmão. Sua influência musical vem de família – a avó cantava em rádio, fazendo sucesso, o avô em igreja e os tios-avós tocavam percussãopianocello e violino. Ana contou em entrevista para Jô Soares, em 6 de junho de 2008, que uma lenda dentro da própria sua família dizia que sua avó teria tido um caso com Luiz Gonzaga na juventude.[6][7] A mãe era proprietária de um salão de cabeleireiro e Ana fazia do local seu palco, usava como microfone um rolo de cabelo e cantava versos de Caetano, entre outros. Morava no bairro Granbery, e estudou no Instituto Granbery da Igreja Metodista a maior parte da vida.[6] Começou a cantar aos 18 anos nos barzinhos da cidade com o repertório de JobimChicoAry Barroso e outros clássicos. Em entrevista, Ana diz que a experiência em bares foi, para ela, uma escola, além de cantar sucessos do rádio, cantava outras canções. Foi quando Ana Carolina conhecera Luciana David e Keley Lopes, duas estudantes de Comunicação, que gostaram do que ouviram e se tornaram suas empresárias.

Então, começaram a surgir convites de mais bares nas cidade vizinhas e, acompanhada sempre pelo amigo e percussionista Knorr, rodou alguns quilômetros da Zona da Mata mineira. Nesse tempo, Ana começou a compor, contudo essas não foram interpretadas tão cedo. Ana fez um cursinho pré-vestibular no Colégio e Curso Meta ingressando na faculdade de Letras, na Universidade Federal de Juiz de Fora, onde cursou por pouco tempo. Conforme o tempo foi passando, Ana ia se tornando mais conhecida, até o dia em que foi convidada para participar em apresentações maiores, como na abertura do concerto da Orquestra Internacional de Ray Conniff, em 1997. Posteriormente, o italiano Máximo Pratesi convidou alguns artistas para se apresentarem em Roma. Além de Ana, convidou o grupo de MPB da cidade, o Lúdica Música. No Rio, onde assinariam o contrato, Pratesi descobre que Ana era diabética, desistindo de fechar o negócio por puro preconceito, o que deixou Ana decepcionada: "Fiquei triste num primeiro momento, mas depois agradeci por não ter ido, pois o fato de eu ter ficado aqui me permitiu crescer e amadurecer na música".

Depois de realizar várias apresentações em Belo Horizonte, um rapaz chegou ao camarim com a letra de uma música que compôs enquanto a assistia. Esse rapaz, era o compositor gaúchoJosé Antônio Franco Villeroy que se tornaria um dos melhores amigos e parceiros de Ana, a música era "Garganta" - música que foi o primeiro sucesso da carreira da cantora. "Depois me lembrei que conhecia Totonho, eu tinha ido a um show dele no Rio, no Mistura Fina, e adorei, tanto que comprei os dois discos independentes dele.", recorda. Quando vinha cantar ou a passeio no Rio, Ana, muitas vezes, ficava hospedada na casa da amiga Cássia Eller.

Nome Lote Valor
AREA VIP - MEIA - Meia R$ 80,00
AREA VIP - INTEIRA - Inteira R$ 160,00
Backstage Open Bar - CAMAROTE - Coletiva R$ 220,00
MESA BRONZE 4 pessoas - Mesa - Inteira R$ 700,00
MESA PRATA 4 pessoas - MESA - Inteira R$ 800,00
Mesa Ouro 4 pessoas - MESA - Inteira R$ 1.000,00
Mesa Diamante 4 pessoas - MESA - Inteira R$ 1.200,00

Formas de Pagamento

bandeiras

Mapa